sábado, 19 de março de 2011

Não entendendo o Egito

Muito se sabe sobre o antigo Egito? Não, muito de especula sobre o antigo Egito, a verdade é que a cada descoberta, o que se tem são mais duvidas, nada pode se afirmar com certeza sobre o Egito, em contra-partida tudo pode ser contestado!
 Vamos mostrar isso usando que se sabe, o que se presume e o que não se tem a mínima idéia, assim talvez, você mesmo possa tentar NÃO ENTENDER NADA, assim como todos os arqueólogos e historiadores não entendem!

 A maior herança:
 Bom, o que eles nos deixaram de mais espantoso foram sem dúvida as pirâmides, o que sabemos sobre elas?
 Segundo os estudiosos, elas foram o túmulo de seus faraós, para assegurar a passagem  de suas "pós vida", seriam obras grandiosas para mostrar a força de seus faraós
 Praticamente todos os historiadores e arqueólogos "acreditam" nisso, bom, é o que eles dizem, mas na realidade, todos ele sabem, existe nas pirâmides câmaras funerárias e sarcófagos porém nunca houve qualquer indicio da presença de uma múmia alguma ali dentro, NUNCA FORAM ENCONTRADAS MÚMIAS EM PIRÂMIDE ALGUMA.
 Pra ajudar "não entender" um pouco mais, os túmulos dos antigos e mais poderosos faraós eram extremamente decorados, repletos de desenhos magníficos, mostrando parte da vida e o desejo de uma "pós vida" magnífica, além de sempre acompanhar vários objetos pessoais do faraó, que por ser extremamente rico, seu túmulo sempre estava repleto de riquezas
 Nunca se encontrou tesouro algum em pirâmide alguma, na pirâmide de Queops, se encontrou apenas uma estatueta, de barro nada de muito extravagante, muito diferente dos túmulos de outros faraós.
 Vamos continuar "não entendendo", bem nos dias de hoje, NÃO TEMOS tecnologia suficiente para re-construir uma obra como uma pirâmide, eles, a mais de 3000 anos atrás, faziam isso em um período aproximado de 10 anos, como? com que ferramentas? Bom, os maiores "entendedores" do assunto, dizem que construíam rampas ao redor da pirâmide e arrastavam as pedras de mais de 15 toneladas morro acima, ahh é.., como ninguém "entende" seria melhor dizer "os maiores não entendedores" do antigo Egito, pois fazer isso em 10 anos, seria...
 ...não da pra afirmar o que seria, é algo inimaginável.
 Continuando com nosso "não entendimento", os historiadores(alguns) dizem que quem construiu foram os escravos, o trabalho seria muito pesado, e perigoso, acredita-se que muitas vidas ficaram soterradas nas construções das pirâmides.
 Bom, isso também sabe-se que pode não ser verdade, que os próprios egípcios que as construíram, foram encontrados indícios de pagamentos feitos pelos faraós aos construtores, em alguns casos, isenção de impostos, em outros, terras ou alimentos, para outros até salários foram pagos, e detalhe: não era para os responsáveis pela obra, mas para os trabalhadores de forma geral.
 Pra completar, a "maldição"das pirâmides, que na teoria seria para não incomodar o sono do faraó, é tecnicamente fácil de se explicar, as pirâmides concentram uma quantidade muito grande de hidrogênio(o mesmo que a NASA usa pra levar um foguete pro espaço), ao se abrir, o individuo é literalmente intoxicado, e pode levar as mais diversas reações, desde alucinações, passando por distúrbio mental permanente e até a morte.
 As pirâmides eram simplesmente construídas e seladas, ou seja, o ar dentro dela, seria em partes muito semelhante ao nosso ,como se explica tanto hidrogênio?
 Melhor não entender, esquecer as pirâmides, são muito complexas, vamos falar das múmias, afinal, são mais simples, não passam de corpos mortos.
 Segunda grande herança, as múmias:
 Somente os faraós podiam ser mumificados? A principio se imaginava que sim, porém sabe-se que não, bastava querer, e pagar pelo trabalho, mas, muitos faraós não se encontraram as múmias, e muito menos referencias a elas, como também foram encontradas múmias por exemplo de mulheres desconhecidas, e seus "tesouros", as vezes não passava de um simples vaso, ou crianças com brinquedos, homens com suas ferramentas de trabalho, ou seja, gente muito simples que tiveram a honraria de um faraó, porque então todos que morriam não eram mumificados, da pra imaginar a quantidade de múmias que existiriam? Bom, mais fácil tentar voltar no tempo uns 3000 anos e perguntar do que tentar descobrir.
 Bom, é só isso sobre as múmias? Claro que não, hoje em dia, o maior prazo de garantia sobre uma mumificação (usando tecidos naturais), é de 100 anos, mais do que isso, não é possível garantir a integridade do corpo (hoje existe a plastinação, que é a injeção de celulose, que plastifica o corpo humano, esta técnica é relativamente nova, acredita-se que se os corpos forem bem conservados, evitando fatores naturais, esse tipo de mumificação dure até mais que as egípcias), a 3000 anos? Sem Química, Física, sem Medicina? vai entender...
 Tem mais sobre múmias? Tente manter sua carne em seu corpo por mais de 3000 anos, se conseguir, ai possa explica como eles conseguiam!
 Fora o fato e múmias também se encontradas na Ásia, America do Norte, do Sul, o melhor, em quase todo o mundo, com a mesma idade ou até mais velhas.
 Terceira maior herança:
 A religião...
 Se não entendemos as pirâmides, as múmias, talvez a religião seja mais fácil!
 Bom, também não, eram politeístas, depois monoteístas, politeístas novamente, faraóistas, republicanos, democráticos e o que aparecesse para se "divinizar"
 Quando se fala em mitologia (é religião, porém os "cultos" modernos consideram os Cristãos, Islãs, Budistas e Hinduísmo como religião, pra estes "eruditos" o resto é mitologia, mesmo que tenha durado mais de 4000 anos, ou seja, muito mais que as religiões modernas).
 O mais incrível dos egípcios, é que, por exemplo, eles (alguns) garantem terem sido de fato os primeiros guardiões da ARCA DA ALIANÇA, e em uma "fuga" de escravos, sua relíquia maior fora roubada(na Bíblia, o êxodo)
 O que muita gente não sabe, é que o "provável" Faraó egípcio no período do êxodo, teria sido Ramsés II(não se pode confirmar, não se pode negar, só pra variar um pouco, porém existe esta possibilidade pela certa proximidade de datas) que era MONOTEÍSTA, melhor dizendo acreditava em um deus ÚNICO, alguns historiadores, vão mais longe e dizem que Moisés seria irmão adotivo de Ramsés,
 Muito consideram Moisés como uma espécie de filho adotivo CRIADO por uma família imperial egípcia, fato que a própria Bíblia comprova, porém, ele não teria direito ao trono, por não ser filho legítimo, e sim adotivo, portanto Ramsés II seria o herdeiro, alguns estudiosos, praticamente garantem que Moisés FUGIU do Egito com uma leva de escravos, roubando a Arca, e dizendo aos escravos (hebreus) que eles é que seriam o povo escolhido do deus ÚNICO, e não os egípcios.
 Bom, ai entra em conflito, não só uma grande religião, mas duas, sendo que uma nem sequer havia sido consolidada(a judia) já que Moisés ainda não havia proclamado as Leis dos 10 mandamentos.
 Refletindo apenas um pouco:
 A religião egípcia na época seria MONOTEISTA ,crente em um deus único criador, Moisés seria o "filho adotado", já Ramsés II o herdeiro REAL por DIREITO, Moisés foge do Egito levando com ele muitos escravos (atenção, não havia apenas hebreus), declara os mandamentos e praticamente DEFINE a  religião judaica antiga.
 Bom, como é este o sentido, melhor não refletir, muito menos entender.
 Não!Religião sempre é complexa, meche com sentimentos muito íntimos, bom, tá, vamos falar sobre...
 Quarta maior herança,a tecnologia...
 Os egípcios eram imbatíveis em seu tempo, as maiores construções, médicos, escolas, religião, artes, eram uma potencia mundial muito a frente dos demais.
  Sarcófagos extremamente elaborados em ouro, com detalhes em lápis azul(algo extremamente complexo e caro pra época), e prata(mais difícil que o ouro no antigo Egito), ou seja, imbatíveis na metalurgia...
 Não, nem um pouco, os sumérios, no caso da metalurgia, estavam anos luz a frente, possuíam usinagens, forjas e fornos muito mais complexos, já os egípcios, faziam sarcófagos, nada mais, acredita-se que as pedras das pirâmides eram extraídas com cunhas de madeira sendo umedecidas com água, bom, engenhoso, porém, nem um pouco tecnológico.
 Os egípcios possuíam ferramentas extremamente precárias para uma civilização do seu porte, a roíam parte de madeira ou de PEDRA.
 Na medicina, é impressionante, eles faziam operações que nos dias atuais são complexas, operavam coração ,rins, fígado, e até se arriscaram em operações no cérebro, algo que nos dias atuais é de extremo risco, e mesmo assim, apenas coisas tecnicamente "bobas" levando-se em consideração a complexibilidade do cérebro humano.
 Os egípcios foram os primeiros a usarem talas e entender como funciona a calficicação do osso humano.
 INCRÍVEIS? Nem tanto, Tutancamon morreu possivelmente por um traumatismo nas pernas, talvez, devido a precariedade, a amputação talvez salvasse a  vida do jovem faraó, mas parece que mesmo o faraó com os melhores médicos ao seu lado, eles não tinham idéia disso.
 Não para por ai, o mesmo "rei Tut" aos seus avançados 19 anos apresentava uma arcaria dentária de um idoso atual de uns 60 anos, seus dentes estavam totalmente MOÍDOS, pois a farinha produzida no Egito vinha de pequenos moinhos de pedra, pode-se dizer que parte do moinho era moído junto com o trigo, e o faraó,bem, ele comia pedra.
 Algumas múmias com idade de morte muito mais avançada não apresentaram o mesmo problema, motivo...
 ... eram pobres, não podiam comprar pão, a dieta era baseada apenas em vegetais e carnes, nada elaborado como um pão!
 Foram encontradas imagens absurdas nas câmaras egípcias, como lâmpadas elétricas, submarinos, jatos entre outros, mas o mais incrível de tudo seria o fato de os egípcios surgirem do nada, no meio do nada, com uma tecnologia ABSURDA, e com o passar do tempo, ele foram perdendo suas habilidades, os egípcios são a única civilização que se conhece que se iniciou uma MEGA POTENCIA e terminou como colônia de um império já em decadência.
 Os egípcios , ao contrario de maias, astecas, incas, não se extinguiram, eles permaneceram, Jesus nasceu, Egito ainda era império, Roma caiu, o Egito apenas recuperou sua soberania, porém, eles mesmos NUNCA conseguiram manter conhecimentos sobre o que já saibam! A grande explicação, se deve ao fato de por exemplo, a escrita ser restrita, assim como qualquer outra área de conhecimento, o escriba ensinava seu filho ler e escrever, o sacerdote fazia o mesmo com seu filho, assim como o arquiteto ,o agricultor, porém como nos dias atuais, nem sempre seu filho quer fazer o mesmo que você, e o conhecimento se perdia, resultado, declínio.
 Agora COMO eles começaram de cara construindo mega-cidades, mega-construções,medicina fantástica, fundição de verdadeiras obras-primas em sarcófagos, e apanharem com coisas simples...
 é COMO ENTENDER O EGITO?
 Mais alguns não entendimentos:
 Familiares egípcios entre eles o nosso "Rei Tut" possuíam uma deformidade no crânio, tornando-os muito mais extensos, alguns dizem se tratar de uma doença "imperial", outros que eles simplesmente usavam uma espécie de amarra que alongava o crânio, bom, nem uma, nem outra teoria é comprovada, apenas o fato em si(excluindo outras teorias, algumas mais extravagantes, como eles serem seres extra-terrestres), nunca se chegou a uma conclusão definitiva.
Mais tentativas de “desentendimentos”?
Alguns historiadores dizem que na realidade o faraó do êxodo, não seria Ramsés II, e sim Akenaton, bom, isso apenas trocaria as datas, porém outros afirmam que Akenaton seria na verdade Moisés, este não seria hebreu, e sim egípcio, vale lembrar o problema de fala de Moisés, talvez, ele simplesmente não falasse hebraico.

Bom, este foi apenas um resumo de como não se entender o Egito, muita coisa nem foi mencionada, e nem teríamos espaço pra isso, portanto, aguardem que muita coisa ainda sobre este tema anda está por vir!
                                                                                                                    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO:
Lembre-se que você é o responsavel pelos seus comentários.
Não permitimos:
Ofensas ou discriminação de qualquer tipo.
Comentários que o assunto não seja relacionado ao tema proposto.
Caso infrinja algum do critérios, poderá ter seu comentário excluído sem aviso prévio.